Como ninguém pode investigar o STF e o Tribunal está investigando “fake news” contra os “Supremos” poderia chegar-se a conclusão que a reportagem da Crusoé é fake. Mas talvez o STF prefira tentar esperar que o caso do #AmigoDoAmigo saia das manchetes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *