A Rebranded Product

 

Displayed as a new product, the mayor of Sao Paulo, João Doria, is nothing else than the plan B of the establishment – just in case the dismantling of the operation Car Wash happens in a way that pleases the bigwigs and they do not see the need to maintain their plan A which so far is Lula.

Therefore, the influential politicians, involved in corruption schemes, who are now trying by all means to destroy the operation, will only give up on the former president’s bid if they feel they have all the safeguards set up to avoid their arrest.

Indeed, as it was made clear by the last STF’s rulings on the release of the Car Wash’s remand prisoners, the establishment seems not to be worried with the damage caused by its unashamed moves and counts on the mayor of Sao Paulo to assume the opposition role before a real one gathers strength.

And the current status of the newly elected mayor, which frees him from declaring he is a presidential candidate, suits well to both parties, since Doria has an excuse to not talk about any national issue he wanted under the guise he has to focus on the Sao Paulo city administration.

 

Um produto remarcado.

Apresentado como um novo produto, o prefeito de São Paulo, João Doria, não é nada mais do que o plano B do establishment – se for o caso do desmantelamento da operação lava-jato acontecer num modo que agrade os figurões e eles não vejam a necessidade de manter o plano A deles que até agora é Lula.

Portanto, os políticos influentes, envolvidos em esquemas de corrupção, que estão agora tentando por todos os meios destruir a operação, irão apenas desistir da candidatura do ex-presidente se eles acharem que têm todas as salvaguardas preparadas para evitar suas prisões.

De fato, como ficou claro pelas últimas decisões do STF sobre a liberação de presos preventivos da lava-jato, o establishment parece não estar preocupado com o dano causado por seus movimentos desavergonhados e conta com prefeito de São Paulo para assumir o papel de oposição antes que uma oposição real ganhe força.

E o status atual do prefeito recém-eleito, que o livra de declarar que ele é um candidato presidencial, serve bem a ambas as partes, desde que Doria tem uma desculpa para não falar sobre qualquer questão nacional que ele queria sob o pretexto que ele tem que focar na administração da cidade de São Paulo.

 

 

 

 

Visits: 49

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *